Transferências Sociais Monetárias já são uma realidade no Nóqui

    0
    209

     

    O FAS – Instituto de Desenvolvimento Local arrancou, hoje, 20 de Maio, de 2023, com as Transferências Sociais Monetárias aos 6.322 Agregados Familiares abrangidos pelo Programa de Fortalecimento da Protecção Social – KWENDA, na Comuna de Npala, Município do Nóqui, Província do Zaire

    O acto decorreu no Bairro, Lufunde, onde foram cadastradas 377 Famílias, tendo sido testemunhado pelo Governador Provincial do Zaire, Adriano Mendes de Carvalho, que esteve ladeado pelo Vice Governador para o Sector Político Social e Económico, Afonso Zolamesso, Administrador Municipal e demais membros do Governo Provincial, parceiros e comunidade local. A equipa do FAS esteve liderada Pelo Director Provincial, João Maurício da Costa.

    Na Comuna de Npala, foram cadastradas 1.982 Famílias , sendo que cada beneficiário estará a receber a quantia de 51.000.00 Kz, em cash, correspondentes a seis meses

    Com a entrada do Nóqui, o Zaire totaliza 4 municípios abrangidos pelo KWENDA, depois do Nzeto, Cuimba e Tomboco

    O KWENDA é um Programa do Governo angolano, cuja implementação está a cargo do FAS. Avaliado em 420 milhões USD, é financiado em 320 milhões USD pelo Banco Mundial, sendo os 100 milhões USD, provenientes do Tesouro Nacional. O Programa já está em 61 municípios das 18 províncias. O mesmo Comporta quatro componentes, nomeadamente, as Transferências Sociais Monetárias, que consistem na atribuição de uma renda mensal às famílias, a componente da Inclusão Produtiva, que visa apoiar as iniciativas económicas das famílias residentes nos municípios alvo do Programa, a Municipalização da Acção Social, que está a se concretizar com a  criação de Centros de Acção Social Integrados (CASI). Estes centros têm como objectivo aproximar os cidadãos aos serviços essenciais, como aquisição dos Registos de Nascimento e Bilhete de Identidade, entre outros, bem como intermediar conflitos de vária ordem. A última, mas não menos importante, é a componente do Reforço do Castro Social Único, base de dados com informação dos cidadãos em situação de pobreza e vulnerabilidade, sobre os quais o Estado irá traçar as políticas públicas .