KWENDA: inicia cadastramento das famílias no Ngonguembo

    0
    211

    No âmbito do Programa de Fortalecimento da Protecção Social – KWENDA, o FAS – Instituto de Desenvolvimento Local, iniciou, no dia 19 de Setembro de 2023, o cadastramento dos Agregados Familiares do Município do Ngonguembo, Província do Cuanza – Norte.

    Depois de Quiculungo, Golungo Alto, Ambaca e Banga, eis que chegou a vez das famílias mais vulneráveis do Município do Ngonguembo. Após cinco dias de formação dos Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário (ADECOS), as equipas entraram no terreno onde, de casa em casa, estão a cadastrar os 4000 previstos.

    Lançado em Maio de 2020, no Nzeto, Município do Zaire, o Programa comporta quatro componentes, nomeadamente, as Transferências Sociais Monetárias, que consistem na atribuição de uma renda às famílias; a Inclusão Produtiva, que visa apoiar as iniciativas económicas das famílias; a Municipalização da Acção Social, que está a se concretizar com a criação de Centros de Acção Social Integrados (CASI). Estes centros têm como objectivo aproximar os cidadãos aos serviços essenciais, como aquisição dos Registos de Nascimento e Bilhete de Identidade, entre outros, bem como intermediar conflitos de vária ordem. A última, mas não menos importante, é a componente do Reforço do Castro Social Único, base de dados com informação dos cidadãos em
    situação de pobreza e vulnerabilidade, sobre os quais o Estado irá traçar as políticas públicas

    O Programa é implementado pelo Instituto de Desenvolvimento Local, agência governamental de combate à pobreza.