Projecto Crescer oficialmente apresentado no Cunene

0
253

Mais de cem participantes prestigiaram, nesta terça-feira, 30 de Novembro de 2021, no Município da Cahama, Província do Cunene, o lançamento oficial do Projecto Crescer-Pesquisa Operativa de desnutrição crónica em Angola.

Na ocasião, foram apresentadas as mensagens-chave sobre as quais se constrói o Projecto Crescer, de forma participativa e dinámica que envolva as autoridades locais e beneficiários.

A abertura do evento esteve a cargo do Vice – Governador para área Política, Social e Económica do Cunene, Apolo Ndinoulenga, contando, igualmente, com as presenças dos administradores municipais da Cahama e do Cuvelai, municípios alvo do projecto, José Mário Katiti e Germano Baptista Nambalo, respectivamente, além de outros responsáveis municipais, supervisores dos ADECOS, assistentes comunitários e autoridades tradicionais. O Grupo Técnico do Crescer, representado por Elena Trigo, a Directora do FAS-Instituto de Desenvolvimento Local no Cunene, Pancrácia Hossi, bem como técnicos do FAS Huíla.

O Projecto CRESCER vai contribuir para gerar provas, disseminar e transferir conhecimentos sobre estratégias para reduzir a desnutrição crónica e a mortalidade em menores de cinco anos nos dois municípios, através da investigação operacional. Conta, entre outros, com a contribuição dos estudantes de medicina e enfermagem da Universidade Mandume Ya Ndemufayo.

O momento serviu ainda para apresentar a página web do Crescer pelo seu coordenador assistente, Ferran Ramirez, à qual se poderá acessar para obtenção de informação relativa ao projecto.

O Projecto CRESCER é a quarta componente do Programa FRESAN. Financiado pela União Europeia, conta com parceiros como o Consórcio Instituto de pesquisa Vall d`Hebron(VHIR) , Instituto de Saúde Carlos III, o FAS e a Universidade Mandume Ya Ndemufayo (UMN) e a Acção Contra a Fome(ACF).