Projecto Crescer apresentado oficialmente na Huíla

0
317

O Projecto Crescer-Pesquisa Operacional contra Desnutrição Crónica em Angola, ao qual o FAS – Instituto de Desenvolvimento Local tem a responsabilidade de assegurar o cumprimento das obrigações assumidas nos acordos de financiamento a nível das zonas de intervenção, foi apresentado oficialmente na Província da Huíla, mais concretamente no Município de Chicomba, a 02 de Dezembro de 2021.

O Projecto Crescer é a quarta componente do Programa de Fortalecimento da Resiliência e da Segurança Alimentar e Nutricional em Angola(FRESAN)

O lançamento foi presidido pela Directora Provincial da Saúde, Luciana Guimarães, e contou igualmente com a presença da Administradora Municipal de Chicomba, Dina Berner Domingos, representante do GASFIG, Administração municipal da Jamba ,membros do Governo Provincial, supervisores dos ADECOS, assistentes comunitários e autoridades tradicionais

Coube ao grupo técnico do Crescer, do FAS e da Universidade Mandume Ya Ndemufayo(UMN) a responsabilidade de partilhar as mensagens-chave sobre as quais se constrói o Projecto Crescer, reiterando que estas devem ser participativas, dinámicas e que envolvam as autoridades locais e beneficiários, constituindo, simbolicamente, o início de uma estreita colaboração entre as partes interessadas.

O Crescer vai contribuir para gerar provas, disseminar e transferir conhecimentos sobre estratégias para reduzir a desnutrição crónica e a mortalidade em menores de cinco anos nos municípios de intervenção através da investigação operacional.

O Projecto é financiado pela União Europeia e conta com a contribuição dos cinco parceiros do consórcio, Instituto de Investigação Val d Hebron ( VHIR), o FAS, Instituto de Saúde Carlos III(CIII), Organização Não Governamental Acção Contra a Fome(ACF) e a Universidade Mandume Ndemofaio ( UMN). Esta vai participar do Projecto através dos estudantes de Medicina e Enfermagem.