KWENDA: Termina a confirmação dos nomes em Caungula

    0
    370

     

    Terminou, na sexta-feira, 17 de Março do ano em curso, o processo de Validação Comunitária dos Agregados Familiares cadastrados no Município de Caungula, Província da Lunda-Norte.

    A Validação Comunitária consiste na confirmação dos nomes dos Agregados Familiares seleccionados através de uma lista colocada à disposição das comunidades.

    Para o Município em causa, foram validados cerca de 7 474 Famílias, em 185 aldeias.

     

    No decurso do processo, a equipa do FAS registou, igualmente, 1978 reclamações, das quais foram tratadas 1725, por via da prova de vida no terreno. Constatou-se, ainda, a presença de alguns Agregados Familiares cujos nomes não estavam no Sistema de Informação Integrado de Protecção Social (SIIPS).

    Para além do FAS, marcam presença na Validação Comunitária representantes de outros organismos, entre os quais os ligados à Educação, Saúde, Defesa e Segurança e membros da comunidade, bem como Técnicos da Administração Municipal e Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário (ADECOS). Após esse processo, segue-se a Validação Técnica, que é feita apenas pelo FAS cujo objectivo é rever os mesmos processos, com vista a certificar-se de que foi rigorosamente analisado. Só depois desses momentos é que são entregues as Transferências Sociais Monetárias às Famílias.

     

    O KWENDA é um programa do Governo de Angola que visa apoiar as Famílias em situação de pobreza e vulnerabilidade no País. Avaliado em 420 milhões USD, é financiado em 320 milhões USD pelo Banco Mundial, sendo os 100 milhões USD, provenientes do Tesouro Nacional. É implementado pelo FAS, agência governamental, dotada de personalidade jurídica, autonomia financeira e administrativa. Em coordenação com outras instituções de combate à pobreza, o FAS contribui para a promoção do desenvolvimento sustentável e redução da pobreza nas comunidades.