KWENDA: Famílias de Camucuio beneficiam das Transferências Sociais Monetárias

    0
    372

    O FAS – Instituto de Desenvolvimento Local deu início, hoje, 04 de Julho de 2023, à entrega das Transferências Sociais Monetárias aos 13.624 Agregados Familiares seleccionados no Município do Camucuio, Província do Namibe.

    Entregues em Cash, no quadro do Programa de Fornecimento da Protecção Social – KWENDA, cada Agregado Familiar está a levar para casa o valor semestral de 66 mil Kz, a razão de 11 mil Kz mensais.

    Satisfeita, Maria Umpinga Manuel, de 20 anos de
    idade, residente no Bairro 200 Fogos e comerciante de churrasco à beira da estrada, garante que vai investir parte do benefício na criação de caprinos, bem como na compra de mantimento, como óleo, cebola, peixe, alho, entre outros. “Estou muito feliz com o dinheiro do KWENDA, veio mesmo para ajudar a minha vida”, disse Maria, que conta com dois filhos.

    Além de Técnicos, a Directora do FAS, Nayole Araújo e Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário (ADECOS), estiveram presentes no acto, a Vice- Governadora para Área Económica Política e Social, Anica de Sousa, Directora Provincial do Gabinete da Acção social Família e Igualmente de Gênero ( GASFIG), Sandra Cacoma, o Administrador do Município, António Correia , o Administrador Adjunto, Autoridades Tradicionais e Eclesiásticas.

    Camucuio é o terceiro Município da Província do Namibe a beneficiar do KWENDA, depois do Virei e Bibala.
    Programa já está em 62 municípios das 18 províncias. O mesmo Comporta quatro componentes, nomeadamente, as Transferências Sociais Monetárias, que consistem na atribuição de uma renda mensal às famílias, a componente da Inclusão Produtiva, que visa apoiar as iniciativas económicas das famílias, a Municipalização da Acção Social, que está a se concretizar com a criação de Centros de Acção Social Integrados (CASI). Estes centros têm como objectivo aproximar os cidadãos aos serviços essenciais, como aquisição dos Registos de Nascimento e Bilhete de Identidade, entre outros, bem como intermediar conflitos de vária ordem.

    A última, mas não menos importante, é a componente do Reforço do Castro Social Único, base de dados com informação dos cidadãos em situação de pobreza e vulnerabilidade, sobre os quais o Estado irá traçar as políticas públicas.

    Implementação desde 2020, o KWENDA é um Programa do Governo de Angola que visa apoiar famílias angolanas em situação de pobreza e vulnerabilidade.

    Orçado em 420 milhões USD, é financiado em 320 milhões USD pelo Banco Mundial e em 100 milhões USD provenientes do Tesouro Nacional.