Continuam as Transferências Sociais Monetárias no Curoca

    0
    67

    Depois de se iniciar com as Transferências Sociais Monetárias aos Agregados Familiares do Município do Curoca, Província do Cunene, a 03 de Novembro de 2021, no âmbito do Programa de Fortalecimento da Protecção Social – KWENDA, o processo continua.

    Até ao momento, as equipas divididas em grupos, passaram pelas localidades de Ondio, Euyungo, Tchikolo e Onbwâ, rumo à entrega aos 9270 beneficiários.
    Curoca tem uma população normalmente nómada, por causa da transumância, causada pela seca, o que tem desafiado as equipas envolvidas no Programa, devido à ausência dos beneficiários abrangidos pelo programa.

    O Município de Ombadja foi o primeiro a beneficiar das Transferências Sociais Monetárias na Província do Cunene, entrando na fase Piloto, e Curoca entrou agora na fase de expansão.
    O KWENDA é um Programa do Governo Angolano e que tem como objectivo de apoiar as famílias em situação de pobreza ou vulnerabilidade e abrange quatro componentes: Transferência Sociais Monetárias; Inclusão Produtiva; Municipalização da Acção Social e o Reforço do Cadastro Social Único.
    Está avaliado em 420 milhões USD, sendo 320 milhões USD provenientes do Banco Mundial e 100 milhões do Tesouro Nacional. É operacionalizado pelo FAS – Instituto de Desenvolvimento Local, agência governamental, dotada de personalidade jurídica e autonomia financeira e administrativa, que, em coordenação com outros programas de combate à pobreza, contribui para a promoção do desenvolvimento sustentável e redução da pobreza.