Finalistas do Piaget beneficiam de estágios no FAS

0
119

No quadro da implementação do Programa Nacional de Estágios Comunitários, os estudantes finalistas da Universidade Jean Piaget de Angola passam a beneficiar de um estágio profissional no FAS – Instituto de Desenvolvimento Local. O mesmo resulta de um Memorando de Intercâmbio assinado hoje, 10 de Janeiro de 2023, nas instalações daquela instituição de Ensino Superior, com o objectivo de proporcionar estágio profissional a estudantes recém-licenciados.

Coube ao Director Geral do FAS, Belarmino Jelembi, e do Magnífico Reitor, Samuel Carlos Victorino, assinarem o referido Memorando. Os dois responsáveis comprometem-se a cumprir na íntegra com o compromisso agora assumido.

Com o estágio, irão conciliar a teoria à prática, através do contacto com o campo, desenvolvendo habilidades e competências profissionais e estarem melhor preparados para enfrentar o mercado de emprego.

O Programa de Estágios abrange um campo de pesquisa que visa proporcionar estudos científicos em diferentes áreas do saber ligadas ao Desenvolvimento Local, bem como o Diálogo com as universidades que consiste na partilha de informações e experiências adquiridas pelos estudantes universitários.

Testemunharam o acto, o Vice-Reitor para área Académica e Vida Estudantil, Ângelo Sapiñala, entre outros membros de direcção da Universidade. Do FAS, testemunharam a Directora Provincial do FAS em Luanda, Ana Machado, a coordenadora do Programa de Estágios, Lucinda Miguel, técnicos e estagiários.

Desde o início do Programa, em 2021, mais 200 recém-licenciados ou em fim de formação já beneficiaram de estágio, através da parceria com 30 instituições de Ensino Superior, Públicas e Privadas, nas 18 Províncias. O Estágio Comunitário tem a duração de seis (6) meses e destina-se a recém-licenciados ou a estudantes em fim de formação. Os beneficiários devem residir nas Províncias alvo do Programa.

O FAS é uma agência governamental, dotada de personalidade jurídica, autonomia financeira e administrativa. Em coordenação com outros programas de combate à pobreza, o FAS contribui para a promoção do desenvolvimento sustentável das comunidades.