Director Geral do FAS em Cabinda

    0
    132

    Uma vasta delegação do FAS-Instituto de Desenvolvimento Local, liderada pelo Director Geral da Instituição, Belarmino Jelembi, esteve em Cabinda para preparar a expansão das Transferências Sociais Monetárias às zonas urbanas. Além do Director Geral, estiveram directores provinciais do Zaire, Maurício Costa, Uíge, Nanizaiawo Capitão, Moxico, Simão Paiata e Luanda, Ana Machado. Estiveram igualmente, a par do Director Provincial de Cabinda e equipa, responsáveis das áreas de Selecção e Pagamento do Programa KWENDA, Aldemir Zele, da Inclusão Produtiva do mesmo Programa, Josué Chilundulo, o coordenador da Inclusão Produtiva na zona Sul, Custódio Satiaca, além do Responsável da Comunicação Institucional do FAS, Félix Abias, bem como a Responsável para as Salvaguardas Sociais e Ambientais, Helena Farinha. Depois de se ter iniciado nas zonas rurais, em 2020, o KWENDA iniciou, há um ano, com a componente de Inclusão Produtiva nas zonas urbanas. Ontem, foi a vez da componente das Transferências Sociais Monetárias.

    Durante os trabalhos, realizaram-se sessões de treinamento em diferentes temas que envolvem o Programa, intercâmbio e produção de conhecimento, fruto da experiência dos dois primeiros anos de implementação. As visitas de campo e debate com parceiros locais marcaram as sessões. Quanto a visitas de campo, a equipa passou pela cooperativa industrial Ndikila, de suplemento alimentar feito em Angola e constituída por 63 mulheres, que beneficiou da Inclusão Produtiva do Programa KWENDA. Já ao Governo da Província, a equipa foi recebida pelo Vice-Governador, Macário Lembe, com quem abordou os contornos do Programa, agora nas zonas urbanas.