União Europeia promove workshop de sinergias com parceiros

    0
    19

    IMG_1410O Fundo de Apoio Social e a FIIAPP participam de 8 a 9 de Junho do corrente ano, em Luanda, do workshop sobre “Sinergias e cooperação entre projectos financiados pelo FED (Fundo Europeu de Desenvolvimento) em Angola”, promovido pela delegação da União Europeia.

    O referido workshop, visa aproximar os projectos, identificando por um lado, novas e inovadoras possibilidades de parceria e cooperação e, por outro lado, promover o estabelecimento dessas novas parcerias e sinergias com impactos acrescidos ao nível do apoio ao desenvolvimento.

    Os dois dias de evento que encerram um ambiente de trabalho bastante concorrido, a julgar pelo  grosso de instituições presentes, representado pelos gestores, coordenadores e técnicos dos projectos FED em curso, que disponibilizam em plenária, informações relevantes e actualizadas sobre os respectivos projectos, focadas na natureza e objectivos, resultados alcançados, pontos fracos e fortes, o potencial de melhoria, e, nas oportunidades que à partida identifica de sinergia ou cooperação com outros projectos ou instituições.

    Deste modo, a apresentação da estratégia, objectivos e resumo do workshop prende-se com projectos como o PASS II, de apoio ao sector da saúde, o Parque Natural IONA (PNUD), Registo de nascimento e justiça ligado à crianças, Estado de Direito (Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos) e de Apoio ao Programa de Desenvolvimento Local concernente ao FAS IV. O pacote inclui igualmente para discussão os programas de Apoios à Assistência Social (SIMSAP), à Protecção Social (APROSOC) e ao Comércio (ACOM).

    De realçar que, a União Europeia tem vindo a apoiar, ao longo dos últimos 30 anos, vários projectos e programas de cooperação para o desenvolvimento da República da Angola que contribuem, entre outros, para a erradicação da pobreza e para a diversificação da economia. No âmbito do 10º FED, programado para o período de 2008/2013, e que se estendeu nalguns casos a projectos iniciados até 2016, foram disponibilizados à República de Angola cerca de 214 milhões de Euros principalmente nas áreas da governação, e do desenvolvimento humano, social e rural.