KWENDA- Famílias do Ebo validam nomes nas listas

    0
    160

    Os habitantes das Comunas Sede, Condé e Cassange, no Município do Ebo, Província do Cuanza – Sul, cadastrados para o Programa de Fortalecimento da Proteção Social – KWENDA, confirmaram, de 16 de Agosto a 02 de Setembro de 2021, os seus nomes nas listas provisórias do Programa, um processo denominado  Validação Comunitária.

    Foram validados, no Município do Ebo, 23.683 Agregados Familiares, num processo que envolveu, para além da equipa do FAS, 14 Supervisores e 52 Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário (ADECOS), totalizando 59.425 beneficiários validados na Província do Cuanza-Sul para o Programa, sendo que, no Município do Seles, as famílias já recebem os seus benefícios desde o dia 22 de Julho de 2021.

     A validação Comunitária e Institucional consiste em levar até às comunidades as listas com os nomes de todos os cadastrados no processo, para que, de forma presencial, possam conferir se foram seleccionados. Simultaneamente, é possível apresentar as reclamações caso o beneficiário pressuponha que o seu nome saiu na lista errada ou para aqueles que, por alguma razão, não se encontravam em casa por altura do cadastramento e que, por isso, ficaram de fora. As reclamações são atendidas e resolvidas pelos técnicos no terreno, fazendo novos cadastramentos e recadastramentos para a produção de novas listas. No final da confirmação em cada bairro, aldeia ou comuna, é produzida uma acta que é assinada pelo Soba ou coordenador da zona, pelo Agente de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário (ADECOS) e pelo Supervisor do FAS-Instituto de Desenvolvimento Local.

    O KWENDA é um programa do Executivo angolano que visa apoiar as famílias em situação de pobreza e vulnerabilidade no País. Está avaliado em 420 milhões USD, sendo 320 milhões USD provenientes do Banco Mundial e 100 milhões do Tesouro Nacional. É operacionalizado pelo FAS – Instituto de Desenvolvimento Local, agência governamental, dotada de personalidade jurídica e autonomia financeira e administrativa que, em coordenação com outros programas de combate à pobreza, contribui na promoção do Desenvolvimento sustentável e redução da pobreza.