FAS satisfeito com a formação em Sistemas de Entrega das Transferências Monetárias

0
216

A equipa do FAS-Instituto de Desenvolvimento Local que beneficiou da formação em Sistemas de Entrega das Transferências Sociais Monetárias, promovida pelo Banco Mundial, de 22 a 25 de Maio de 2023, manifestou satisfação em relação ao conteúdo partilhado e promete dela retirar lições para enriquecer a implementação do Programa KWENDA.

Ana Machado, Directora do FAS em Luanda, salientou como mais-valia a partilha dos exemplos práticos de implementação em vários países como Madagascar, Turquia, Nigéria, que implementam programas de Protecção Social. “A formação permitiu-nos ter noção dos diferentes níveis e estágios de funcionamento, dando-nos luzes dos caminhos que teremos que percorrer para consolidar o Programa KWENDA”, disse.
Por sua vez, a Responsável do FAS para a Municipalização da Acção Social, Anavilde Cassessa, para quem, além de aumentar os conhecimentos, a formação ajudou a perceber que o FAS, no seu pouco tempo de implementação do Programa KWENDA, tem sabido utilizar as melhores ferramentas para perseguir os objectivos a que se propõe. “Muitas experiências aqui partilhadas, certamente incentivam-nos a fazer cada vez mais e melhor”, acrescenta.

“Uma formação como esta é mais-valia para melhorar o desempenho do KWENDA”, realça o Responsável do FAS para Selecção e Pagamento, Aldemir Zele, opinião reforçada pela coordenadora do FAS para o Programa de Estágios e Assistente de ADECOS, Lucinda Miguel. Esta, entretanto, propõe que sessões similares de capacitação mereçam mais tempo de interação entre os participantes.

Já Victorina Chiquengue, Assistente de Desenvolvimento Local do FAS no Bengo, ressalta tratar-se de “aprendizagem significativa que reflectirá nas próximas acções ligadas aos programas desde a execução à monitoria”. Do seu lado, o Responsável para a Comunicação Institucional do FAS, Félix Abias, afirma sair da formação mais enriquecido, na medida em que, a partir da apresentação que a Instituição fez sobre a estratégia de comunicação do Programa KWENDA, recebeu várias reacções que certamente servirão de reflexão para melhorar o desempenho.

A formação, no formato online, cuja participação do FAS foi a partir dos escritórios do Banco Mundial em Luanda, foi dirigida a 20 países de África, Oriental e Austral, e contou com a partilha de experiência de países fora do Continente, entre os quais a Turquia, Índia e Itália. Os participantes perceberam as várias formas como os programas de protecção social têm sido implementados e quais as implicações de medidas tomadas ao longo dos processos.