Estudantes integram grupo de pesquisa do Projecto Crescer no Cunene.

0
93

Um total de 62 estudantes do 3° e 4°anos do curso de Enfermagem do Instituto Superior Politécnico de Ondjiva, vão integrar a equipa de pesquisa do Projecto Crescer, cuja acção inside sobre a pesquisa em desnutrição crónica nas crianças menores de cinco anos e mulheres grávidas do Sul de Angola, particularmente das Províncias do Cunene, Huíla e Namibe.

A integração dos estudantes aconteceu durante o workshop académico, a 09 deste mês, no Anfiteatro do Instituto Superior Politécnico de Ondjiva(UMN), Município de Kwanhama, Província do Cunene.

O evento contou com a presença do Vice – Governador Provincial do Cunene para Área Social Política e Económica, Apolo Ndinoulenga, bem como do Grupo Técnico do Crescer, encabeçado pela sua Coordenadora Geral em Angola, Elena Trigo, Docentes Universitários e estudantes.

O Projecto Crescer é a quarta componente do Programa de Fortalecimento da Resiliência e da Segurança Alimentar em Angola (FRESAN). Do seu lado, o FAS – Instituto de Desenvolvimento Local tem a responsabilidade de fornecer às Administrações, ferramentas de apoio técnico e conhecimento com vista a melhoria da gestão e monitoria da qualidade dos serviços prestados. Como consequência, o FAS contribui para o sucesso do projecto e supervisionar o cumprimento das obrigações assumidas nos acordos de financiamento do Crescer a nível das Províncias e Municípios de intervenção. O Crescer conta, igualmente, com outros parceiros como a Faculdade de Medicina da referida instituição de ensino, ponto focal e principal motor académico, em conjunto com o Instituto de Investigação Vall d’Hebron em Barcelona, a Organização Não Governamental, a Acção Contra a Fome e o Instituto de Saúde Carlos III em Espanha.