Encerra formação de Supervisores de ADECOS no Cuanza-Norte

0
111

FAS- Instituto de Desenvolvimento Local encerrou, nesta segunda-feira, 07 de Novembro de 2022, o ciclo de formação de Supervisores dos Agentes de Desenvolvimento Comunitários e Sanitários (ADECOS) na Província do Cuanza Norte.

A formação teve a duração de 24 dias, beneficiando 27 Supervisores dos Municípios de Ambaca, Quiculungo, Banga, Golungo Alto da Província do Cuanza-Norte e Quirima, Calandula, Luquembo e Cambundi Catembo, da Província de Malanje.

Coube ao Director do Gabinete de Desenvolvimento Económico Integrado, Fernando Mesquita, presidir ao acto de encerramento da formação, em representação do Governador da Província do Cuanza-Norte. Marcaram igualmente presença a Directora Provincial do Gabinete de Acção Social, Família e Igualdade do Gênero (GASFIG), Victória Francisco, do Director do FAS na Província, Lourenço Matias, e autoridades da Província do Cuanza-Norte.

A Acção Formativa teve como objectivos capacitar novos Supervisores; expandir o Programa Nacional de Agentes de Desenvolvimento Comunitários e Sanitários (PNADECOS) para mais municípios; Reforçar e aumentar o número de ADECOS; Tornar os serviços sociais mais próximos das comunidades; Contribuir para assegurar a eficácia da expansão da Municipalização da Acção Social e o Programa KWENDA em todo o País.

Como resultados a mesma preconizou aumento do número de Formadores-Supervisores reforçado com mais de 238 técnicos e número de ADECOS para mais 1500 nos municípios de intervenção do KWENDA.
Expandir o Programa Nacional de ADECOS para mais 66 municípios, Reforçar a aproximação dos Serviços Sociais básicos às comunidades, fortalecer a capacidade e eficácia da expansão da Municipalização da Acção Social em todos os municípios é um dos principais objetivos destes ciclos de formações.
O KWENDA é um programa do Governo angolano que visa apoiar as famílias em situação de pobreza ou vulnerabilidade no País. Avaliado em 420 milhões USD, é financiado em 320 milhões USD pelo Banco Mundial, sendo os 100 milhões USD, provenientes do Tesouro Nacional.
Operacionalizado pelo FAS, agência governamental, dotada de personalidade jurídica, autonomia financeira e administrativa, que em coordenação com outras instituições de combate à pobreza, contribui na promoção do Desenvolvimento sustentável e redução da pobreza.