CRESCER capacita 46 estudantes e 28 ADECOS a inquiridores

0
162

O Projecto CRESCER, componente IV do Programa de Fortalecimento da Resiliência e Segurança Alimentar e Nutcricional em Angola(FRESAN) terminou hoje, 24 de Setembro de 2022, a capacitação de 46 estudantes e 28 Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário (ADECOS) a inquiridores.

Financiado pela União Europeia, o Projecto CRESCER, cujo papel do FAS-Instituto de Desenvolvimento Local é assegurar que está a ser levado a cabo de acordo com os acordos assinados, tem como objectivo gerar evidências científicas de pesquisa focada na má-nutrição crónica para avaliar o impacto desta em crianças menores de 5 anos e mulheres grávidas.

Durante seis dias, os participantes aprenderam como fazer inquérito por dispositivos digitais de recolha de dados, dirigidos aos chefes de família, às cuidadoras de crianças e às mulheres grávidas.

A capacitação incluiu também o Treinamento Prático com os instrumentos de pesquisa e Técnicas para a Realização de Medidas Antropométricas (avaliação corporal de peso e altura) e uma Prova Piloto, entre outros procedimentos que irão permitir a obtenção de dados de alta qualidade nas comunidades alvo do Projecto.

Desde a sua concepção aos cinco anos, as crianças, a par das mulheres grávidas, são o principal grupo alvo da pesquisa, que pretende focar-se nos primeiros 1000 dias de vida. A formação irá permitir aos novos inquiridores, participar e intervir com conhecimentos técnicos no acompanhamento do grupo alvo, através do ensaio MuCCUA- nos municípios da Jamba (comuna sede Jamba) e Chicomba (Libongue), Província da Huíla.

Particulamente falando dos ADECOS e os seus supervisores, além do conhecimento que possuem sobre as suas comunidades e língua local, somam novas capacidades técnicas de pesquisa, que irão facilitar o diagnóstico da realidade rural, facilitando na tomada de decisões relativas às intervenções e programas sobre a desnutrição.

A pesquisa do projecto CRESCER deverá arrancar no mês de Outubro deste ano, com diversos tipos de intervenções, acompanhadas das organizações do sector social e as instituições governamentais envolvidas.

O acto de encerramento contou, entre outrs, com as presenças da Ana Gerardo, Decana da Faculdade de Medicina, José Lima, Chefe do Depertamento de Investigação Científica da UMN, do Director Provincial do FAS-Instituto de Desenvolvimento Local, Frederico Sanumbutue.