FAS: Assinala primeira participação na EXPO-HUÍLA

0
246

Pela primeira vez na sua história, o FAS – Instituto de Desenvolvimento Local está presente na EXPO-HUÍLA, a maior bolsa de negócios do Sul de Angola, que decorre de 16 a 20 de Agosto de 2023, na Cidade do Lubango. Entre os 375 expositores presentes na EXPO HUÍLA, o FAS tem como destaque o Programa KWENDA, iniciativa do Governo de Angola que visa apoiar as famílias em situação de pobreza e vulnerabilidade.

Com quatro componentes, nomeadamente, Transferências Sociais Monetárias, Inclusão Produtiva, Municipalização da Acção Social e Reforço do Cadastro Social Único, o KWENDA aparece, igualmente, em dois mapas de Angola, o primeiro com dados que espelham os 65 municípios do País onde se encontra a ser implementados, o segundo com dados da Huíla.

Para melhor compreensão de quem visita o Stand do FAS, são assinalados, com aspectos distintos, os sete passos percorridos desde o mapeamento dos bairros e aldeias à entrega das Transferências Sociais Monetárias. Os instrumentos com os quais as famílias são cadastradas e os meios rolantes usados, como motorizadas e bicicletas, marcam igualmente presença, bem como os devidos esclarecimentos feitos pelos técnicos do FAS.

Destacados programas da Instituição
Do Stand do FAS não é tudo. Os visitantes darão conta dos diversos programas implementados pela Instituição desde que existe, a começar pelo Projecto de Desenvolvimento Local, que privilegia infraestruturas sociais, como são os centros de saúde, escolas e projectos de água.

O Programa de Estágios Comunitários também aparece destacado, iniciativa da Instituição que visa agregar a componente prática a recé-licenciados ou estudantes em fim de formação. O Projecto Crescer, com acções na Huíla e Cunene, cujo objectivo é desenvolver pesquisa sobre desnutrição em crianças menores de 5 anos e em mulheres grávidas, aparecendo, igualmente, com uma componente de Transferências Sociais Monetárias, tem lugar cativo no Stand.

“Desporto Ciência no Stand”
O Stand do FAS privilegia, ainda, um espaço para a prática de Xadrez, modalidade a ser implementada nas comunidades angolanas por iniciativa do FAS, com objectivo de estimular as capacidades cognitivas das crianças e adolescentes dos seis ais 16 anos de idade. Conhecido como “Desporto Ciência”, o Xadrez, sublinha o FAS, visa, igualmente promover a inclusão social.
Disponível para ouvir críticas e sugestões
Além de o FAS aparecer na EXPO HUÍLA para mostrar o seu trabalho, a Instituição que tem como objectivo combater a pobreza nas comunidades angolanas estará, igualmente, disponível a anotar todas as críticas e sugestões com vista a melhorar o seu trabalho.

O FAS entende que para o desenvolvimento das comunidades é necessário ouvir as inquietações de diversas sensibilidades a fim de fazer cada vez melhor e nada melhor que fazê-lo na EXPO HUÍLA.

O FAS é uma agência governamental de combate à pobreza. Em coordenação com outras instituições de combate à pobreza, contribui para o desenvolvimento das comunidades.