FAS já tem mais de 38 Repórteres Comunitários

0
212

Depois de ter dado início à formação de 24 Repórteres Comunitários da Zona Sul do País, na Cidade do Lubango, em 2023, compreendendo as províncias do Cunene, Namibe, Cuando-Cubango, Cuanza-Sul, Benguela, Huambo e Bié, o FAS-Instituto de Desenvolvimento Local iniciou, nesta segunda-feira, na Província de Malanje, com a formação de 38 novos Repórteres Comunitários da Zona Norte e Leste do País.

Os novos Repórteres Comunitários são provenientes das Província de Luanda, Bengo, Uíge, Zaire, Cabinda, Cuanza-Norte, Malanje, Lundas Norte e Sul, e Moxico. A capacitação passa pelas áreas de Comunicação Institucional, Comunicação para o Desenvolvimento, Produção de Notícias, Captação e Edição de Imagem, Ética e Deontologia Profissional, bem como a formação em Desenvolvimento Local.

A Cerimônia de abertura foi presidida pelo Director Provincial da Comunicação Social, Fernando Metusal. No seu conceito, o Repórter Comunitário continua a ser um Agente de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário (ADECOS) que, além do papel que já desempenha na comunidade, nomeadamente, servir de “ponte” entre esta e o Estado, passa a reportar, directamente à Área de Comunicação o FAS, as Histórias de Sucesso resultantes das diversas acções desta Instituição.