União Europeia visita ADECOS no Moxico

    0
    17

    Os Agentes de Desenvolvimento Comunitários e Sanitários (ADECOS), foram alvo da visita de monitoria efectuada nesta quinta feira 20, pela gestora de projectos da União Europeia, Susana Martins, nos municípios de Moxico e Kamanongue, acompanhada pela delegação do FAS, em cabeçada pelo Director Geral, Santinho Figueira, representantes do Ordenador Nacional e da FIIAPP, que desde o dia 19, acompanham os projectos implementados pelo FAZ na província do Moxico.

    No segundo dia de trabalhado da digressão ao leste do país, a delegação, manteve encontros de cortesia com os administradores dos municípios acima citados no sentido de perceberem o envolvimento dos mesmos nas acções ligadas aos ADECOS. Do mesmo modo, foi realizada sessões de trabalho com membros das Unidades Técnicas das administrações municipais, que nos detalhes, foi explicado todo processo do projecto, desde a formação, selecção, mapeamento das micro áreas, até o então trabalho desenvolvido pelos ADECOS nas suas próprias comunidades.

    Destes encontros, a delegação saiu bastante satisfeita pela forma como os membros das referidas Unidades Técnicas, apropriaram-se do projecto e do trabalho de coordenação que têm vindo a realizar com a equipa provincial do FAS. A satisfação, foi completada com a constatação em locos do trabalho diário desenvolvido pelos Agentes nas suas micro áreas.

    Assim, a delegação, percorreu quilómetros de terra batida e bastante arenosa, até as micro áreas da comunidade de Cariata, a 25 km do município do Moxico, para apreciar de perto e sentir no próprio punho as dificuldades vividas pelos ADECOS e o excelente trabalho que têm feito juntos pelas comunidades.

    Do que foi constatado, das várias acções desenvolvidas por estes heróis das comunidades, destaca-se as seguintes, o aconselhamento as famílias sobre as boas práticas do saneamento básico, o referenciamento de casos de sinais de perigo nas mulheres grávidas a unidades sanitárias, a identificação encaminhamento as unidades competentes de cidadão sem o registo de nascimento, o tratamento de casos de Malária Simples a crianças menores de 5 anos, bem como o controlo de medicamentos através do smartphone e outros.

    Em cada município actualmente, existe 30 ADECOS que acompanham um total de 3000 famílias e, estas, estão distribuídas por 50 famílias para cada ADECOS.

    Em linhas gerais, a delegação faz um balanço positivo da visita, pelas constatações no terreno das ações desenvolvidas na província do Moxico pelo FAS com doação da União Europeia.