KWENDA já distribuiu 252 unidades de caprinos no Curoca

    0
    121

    No âmbito do Programa de Fortalecimento da Protecção Social, o FAS – Instituto de Desenvolvimento Local começou a implementar a Inclusão Produtiva no final do mês de Setembro, no Município do Curoca, Província do Cunene.

    Até ao momento, já distribuiu 252 unidades de caprinos a 28  famílias do Município do Curoca, mais concretamente nas aldeias de Lotembo e Ondefa. Este processo continuará  até se alcançar os 1287 Agregados Familiares. De salientar que foram feitos todos os tratamentos profiláticos adequados a época para que os animais estejam em perfeitas condições de repovoamento.

    A Inclusão Produtiva é a segunda componente do KWENDA e tem como objetivo incluir as famílias em actividades geradoras de rendimento. O Programa conta igualmente com as Transferências Sociais Monetárias, componente que visa beneficiar famílias em situação de pobreza e vulnerabilidade. A
    Municipalização da Acção Social é outra componente, que se concretiza com a criação de Centros de Acção Social Integrados (CASI), infraestruturas que visam aproximar os cidadãos aos serviços essenciais, como aquisição dos Registos de Nascimento e Civil, bem como intermediar conflitos de vária ordem nas comunidades. Por último, mas não menos importante, o KWENDA conta com a componente Reforço do Cadastro Social Único, plataforma que reúne informação sobre os cidadãos em situação de pobreza e vulnerabilidade através do qual o Estado traça as políticas públicas.

    Na Cunene, o KWENDA, cuja componente de Inclusão Produtiva conta com a organização CODESPA, abrange os municípios do Curoca, Ombadja e Namacunde.

    O KWENDA é uma iniciativa do Governo de Angola, cuja responsabilidade de implementação está a cargo do FAS. Em vigor desde 2020, visa apoiar em todo o País 1.608.000 famílias angolanas em situação de pobreza e vulnerabilidade.