KWENDA: Nóqui acolhe formação de ADECOS

0
164

No âmbito da expansão do Programa de Fortalecimento da Protecção Social- KWENDA, teve início no dia 14 de Novembro de 2023, a formação dos Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário (ADECOS), no Município do Nóqui, Província do Zaire.
Promovido pelo FAS, representado pelo Director Provincial, Maurício da Costa, em parceria com o INEFOP, o acto foi presidido pelo Diretor Municipal da Saúde, Jaime Nsoki, tendo como formandos 30 ADECOS eleitos e residentes nas comunas que compõem o Município, capacitados, entre outros, em matéria de Cadastramento, Protecção Social, Testes de Malária e Atendimento dos Primeiros Socorros.
Estiveram ainda presente na cerimónia, Directores Municipais, Autoridades Religiosas e Tradicionais, Supervisores, Formadores dos ADECOS, Órgãos de Defesa e Segurança, além de técnicos do FAS. De salientar que os ADECOS ocupam as primeiras linhas no contacto com as famílias.
O Programa KWENDA é iniciativa do Governo de Angola que visa apoiar as famílias em situação de pobreza e vulnerabilidade, comportado quarto componentes:
Transferência Sociais Monetárias – que consistem na atribuição de uma renda às famílias;
Inclusão Produtiva – tem como objectivo incluir as famílias em actividades geradoras de rendimento;
Municipalização da Acção Social, responsável pela criação de Centros de Acção Social Integrados (CASI). Esses centros estão a disponibilizar diversos serviços aos munícipes, como a viabilização dos documentos pessoais, a exemplo de Cédula, Bilhete de Identidade, bem como intermediação de conflitos, entre outros;
Cadastro Social Único, componente que está ajudar a criar, no País, uma base de informação sobre a vulnerabilidade no seio das famílias. Essa base de dados irá auxiliar o Estado a traçar políticas públicas.
Implementado pelo FAS, o Programa KWENDA é avaliado em 420 milhões de USD, sendo 320 milhões USD pelo Banco Mundial e 100 milhões USD pelo Tesouro Nacional.