KWENDA escala o “Morro do Moco”

0
301

Na senda da expansão do Programa de Fortalecimento da Protecção Social – KWENDA, continua a entrega em massa das Transferências Sociais Monetárias pelo País.

Esta semana, a equipa do FAS – Instituto de Desenvolvimento Local, escalou a montanha mais alta de Angola, o Morro do Moco, para levar o benefício aos Agregados Familiares daquela zona. Situado no Município do Londuimbale, na Província do Huambo, a mais de 2300 acima do nível do mar, a temperatura oscilava até 14º graus. Com os ventos ensurdecedores e o tempo a variar de limpo a nevoeiro intenso, a equipa do FAS não arreda o pé e segue com a sua missão.

O KWENDA é o programa do Governo que visa apoiar as famílias em situação de pobreza e vulnerabilidade no País.

Para o Huambo, o KWENDA já está nos municípios do Mungo e Loinduimbale, totalizando 61.288 Agregados Familiares que já beneficiaram das Transferências Monetárias, atribuíndo trimestralmente 25.500 Kz a cada beneficiário.

Além das Transferências Sociais Monetárias, o Programa comporta quatro componentes da Inclusão Produtiva, que visa apoiar as iniciativas económicas das famílias, a Municipalização da Acção Social, que pretende aproximar os serviços sociais aos cidadãos, e o Reforço do Cadastro Social Único, a base que reúne os dados dos cidadãos em situação de pobreza.
O KWENDA é operacionalizado pelo FAS, agência governamental. Dotada de personalidade jurídica e autonomia financeira e administrativa, quem em coordenação com outros programas de combate à pobreza contribui na promoção do Desenvolvimento sustentável e redução da pobreza.