Famílias de Chitembo começaram a beneficiar das Transferências Sociais Monetárias

    0
    30

    No quadro do Programa de Fortalecimento da Protecção Social – KWENDA, as famílias do Município de Chitembo, Província do Bié, começaram, no último dia 18 de Março de 2024, a beneficiar da componente das Transferências Sociais Monetárias do Programa de Fortalecimento da Protecção Social-KWENDA.

    O FAS-Instituto de Desenvolvimento Local, agência de Desenvolvimento Local que implementa o Programa KWENDA, prevê beneficiar 22.289 Agregados Familiares nas seis comunas que compõem o Município.

    Tão logo terminou o acto público, as equipas dos Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitários (ADECOS), os supervisores de ADECOS, Técnicos da Acção Social e das administrações municipais e comunais, lideradas pela equipa do FAS, iniciaram com a entrega do benefício às famílias, sempre com a colaboração dos ministérios da Defesa e Segurança,  percorrer as comunas de Chitembo (Sede), Mumbué, Malengues, Cachingues, Samacuanza e Mutumbo.

    Contas feitas, no final da operação, o Programa KWENDA irá libertar uma massa monetária no valor de 1.471.074.000 Kz (Um Mil Milhões Quatrocentos e Setenta e Um Milhões Setenta e Quatro Mil Kz), valor que poderá dinamizar as pequenas economias ao nível local.

    Iniciativa do Governo de Angola, o Programa KWENDA tem como objectivo apoiar as famílias em situação de pobreza e vulnerabilidade, comportanto quatro componentes, a saber: Transferências Sociais Monetárias (atribuição de uma renda às famílias), Inclusão Produtiva (apoiar as iniciativas económicas das famílias), Municipalização da Acção Social (Serviços Sociais Mais Próximos das Famílias) e Cadastro Social Único (base de dados com informação desagregada sobre a pobreza e vulnerabilidade no seio das famílias, podendo auxiliar o Estado na estratégia de combate à pobreza).